Blog

Agrometeorologia: dicas de manejo para lidar com o clima no outono

Orientações para os meses de abril, maio e junho ajudam os produtores gaúchos a evitar perdas na produção

Devido ao evento La Niña, que vem ocorrendo desde o início do ano, a tendência é de que haja menos chuvas nos próximos três meses, fazendo com que os produtores tenham cuidado especial com as reservas hídricas e fiquem atentos às orientações da agrometeorologia. É o que aponta o mais recente boletim publicado pelo Conselho Permanente de Meteorologia Aplicada do Estado do Rio Grande do Sul (Copaaergs), referente aos meses de abril, maio e junho. Conselho gaúcho de agrometeorologia De acordo com o boletim do conselho gaúcho de agrometeorologia, o somatório das chuvas previsto para este outono aponta para valores abaixo do padrão climatológico em todas as regiões do Estado. Por isso o alerta para que haja cuidados especiais com as reservas, mesmo em regiões menos afetadas até o momento, visto que as áreas previstas com redução de chuva são variáveis ao longo deste próximo trimestre.

Para quem cultiva arroz, a dica é antecipar a adequação das áreas destinadas à lavoura para a próxima safra, principalmente as atividades de preparo e sistematização do solo e drenagem, para possibilitar a semeadura na época recomendada.

De acordo com o Copaaergs, considerando os baixos níveis dos mananciais devido ao uso da água para irrigação das lavouras e que o próximo trimestre (abril, maio e junho) indica tendência de chuvas dentro da média, recomenda-se que os produtores fiquem atentos para a questão da captação e armazenamento de água para a próxima safra.

Artigo original do site SF Agro


Buscar

Categorias

Arquivos

Receba novidades sobre irrigação